Blog do Kuramoto

Este blog se dedica às discussões relacionadas ao Open Access

Perfis

Helio Kuramoto

Hélio Kuramoto

Graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Brasília (1978), obteve o Diplôme d’Études Approfondies (DEA) em Sciences de l’Information et de la Communication na  École Nationale Superièure de Sciences de l’Information et de Bibliothèques (1995) e o título de doutor em Sciences de l’Information et de la Communication pela Universiée Lumiere Lyon 2 (1998), França.

Atualmente é tecnologista senior III do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT). Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Recuperação da Informação, Comunicação Científica, Organização da informação, Interfaces de recuperação de informação, Bibliotecas digitais, Tratamento e Disseminação da informação, Identificadores Persistentes. Além disso, lidera, no País, o movimento do acesso livre ao conhecimento científico (OA), Coordenando Iniciativas de Implantação do acesso livre no Brasil. Visite o seu blog: http://kuramoto.blog.br/, que trata do acesso livre, e torne-se também um defensor do acesso livre ao conhecimento científico.

Curriculum vitae na plataforma Lattes:  http://lattes.cnpq.br/8778071496682261

Suely de Brito Clemente Soares

Suely de Brito Clemente Soares

Palestrante e Profa. de EaD desde 2000. Mestre em Educação, Ciência e Tecnologia (Faculdade de Educação, UNICAMP, 2006), Especializada em Administração de Bibliotecas Universitárias (UnB, 1987), Graduada em Biblioteconomia (PUCCAMP, 1974).

Bibliotecária aposentada da UNESP, campus de Rio Claro, SP, desde maio de 2009. Experiência em Processamento Técnico, Referência e Direção.

Estruturou e gerenciou a implantação da Biblioteca Digital Interativa do Campus de Rio Claro http://www.rc.unesp.br/biblioteca/brcdigital.

Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Biblioteconomia, atuando principalmente nos seguintes temas: capacitação profissional de bibliotecários, comunidades virtuais de aprendizagem colaborativa, EaD, bibliotecas digitais, repositórios institucionais em DSpace, publicação de periódicos eletrônicos em SEER, de eventos em SOAC, arquivos abertos, tecnologias de informação e comunicação, bases de dados on-line, informatização dos serviços bibliotecários, normalização documentária, revisão de originais, redação acadêmica e web 2.0.

Curriculum Vitae na Plataforma Lattes:  http://lattes.cnpq.br/2932253340900767

57 Comentários »

  1. Parabéns pelo blog Dr. Hélio. Sou leitor assíduo.
    Joel
    Rondonópolis-MT

    Comentário por Joel Martins Luz | outubro 8, 2007 | Resposta

    • Obrigado, Joel, pela sua mensagem e por acompanhar o meu blog.
      Um abraço
      Helio Kuramoto

      Comentário por Helio Kuramoto | maio 5, 2012 | Resposta

  2. Parabéns professor pelo Blog, atuo na área de desenvolvimento web dentro da Universidade Estadual de Goiás, e estou me informando cada dia mais com este blog.

    Comentário por Bruno | outubro 23, 2007 | Resposta

    • Olá Bruno,

      Obrigado pela sua mensagem e espero que o blog tenha sido útil para vc.

      Um abraço.
      Helio Kuramoto

      Comentário por Helio Kuramoto | maio 5, 2012 | Resposta

  3. Caro Hélio, sou Diretor de Informática da UNESP – Universidade Estadual Paulista e gostaria de desenvolver minha tese de mestrado, na Ciencia da Informação, na Unesp de Marilia sobre o uso de seu software. Posso usar livremente para estudos e aplicações? Como devo entrar em contato com você.
    Agradeço sua atenção.

    Comentário por DÉCIO FREGONESI | novembro 27, 2007 | Resposta

  4. Parabéns doutor Hélio!!! homem inteligente e muito sensível.Grande abraço.Cristina

    Comentário por Cristina | dezembro 23, 2007 | Resposta

    • Olá Crstina,

      obrigado pelas suas palavras.

      Um abraço.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por Helio Kuramoto | maio 5, 2012 | Resposta

  5. Caro Kuramoto,
    encontrei esta notícia abaixo sobre a adoção do padrão ODF de arquivos abertos pelo governo do Paraná.
    A lei estadual é de 18 de dezembro de 2007.
    abraços
    Leandro Marshall
    Mais informações no site

    http://www.softwarelivreparana.org.br/modules/news/article.php?storyid=2331

    Geral : Publicação Oficial da Lei 15.742 – ODF OpenDocument Format ISO 26.300, primeira do Brasil

    Súmula: Dispõe que os órgãos e entidades da Administração Pública Direta, Indireta, Autárquica e Fundacional do Estado do Paraná, bem como os órgãos autônomos e empresas sob o controle estatal adotarão, preferencialmente, formatos abertos de arquivos para criação, armazenamento e disponibilização digital de documentos.

    A Assembléia Legislativa do Estado do Paraná decretou e eu sanciono a seguinte lei:

    Art. 1o. Os órgãos e entidades da Administração Pública Direta, Indireta, Autárquica e Fundacional do Estado do Paraná, bem como os órgãos autônomos e empresas sob o controle estatal adotarão, preferencialmente, formatos abertos de arquivos para criação, armazenamento e disponibilização digital de documentos.

    Art. 2o. Entende-se por formatos abertos de arquivos aqueles que:
    I – possibilitam a interoperabilidade entre diversos aplicativos e plataformas, internas e externas;
    II – permitem aplicação sem quaisquer restrições ou pagamento de royalties;
    III – podem ser implementados plena e independentemente por múltiplos fornecedores de programas de computador, em múltiplas plataformas, sem quaisquer ônus relativos à propriedade intelectual para a necessária tecnologia;

    Art. 3o. Os entes, mencionados no art. 1o desta lei, deverão estar aptos ao recebimento, publicação, visualização e preservação de documentos digitais em formato aberto, de acordo com a norma ISO/IEC 26.300 (Open Document format – ODF).

    Art. 4o. Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação.

    PALÁCIO DO GOVERNO EM CURITIBA, em 18 de dezembro de 2007.

    Roberto Requião – Governador do Estado
    Nizan Pereira Almeida – Secretário para Assuntos Estratégicos
    Rafael Iatauro – Chefe da Casa Civil

    Comentário por Leandro Marshall | janeiro 2, 2008 | Resposta

    • Olá Leandro,

      Infelizmente, só agora tenho conhecimento de sua mensagem deixada em meu blog. Mas, a notícia que vc nos traz relaciona-se ao estabelecimento de padrões e o ODF é um padrão aberto para arquivos contendo textos. Esta é uma notícia muito boa para todos. O problema é que não sei se o word já contempla esta extensão de arquivos.

      Um abraço.
      Kura

      Comentário por Helio Kuramoto | maio 5, 2012 | Resposta

  6. Prezado Dr. Hélio,

    Gostaria de trocar informações a respeito de eventos que a BIREME/OPAS/OMS, em parceiria com outras instituições, organiza para disponibilizar atualização à profissionais de Ciências da Saúde.

    Aguardo Contato.

    Obrigada.

    Milca Tavares
    Unidade de Comunicação
    BIREME/OPAS/OMS

    Comentário por Milca | fevereiro 28, 2008 | Resposta

    • Olá Milca,

      Infelzimente,somente hoje vejo a sua mensagem. Há muito tempo não olhava os comentários do meu blog em meu perfil. Vc pode me enviar mensagens para o meu email pessoal: alokura2010@gmail.com, será um prazer poder contribuir.

      Um abraço.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por Helio Kuramoto | maio 5, 2012 | Resposta

  7. Parabéns meu amigo!!
    Foi mto bom saber q ñ me enganei a seu respeito.
    Acabei de constatar !…
    Vc realmente eh um homem inteligente e sensivel!..
    acaba de ganhar mais uma fã.

    Comentário por MARTA | abril 7, 2008 | Resposta

    • Olá Marta,

      muito obrigado pela sua mensagem. Infelizmente, só agora vejo a sua mensagem, portanto, não me lembro quem vc é.

      Um abraco.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por Helio Kuramoto | maio 5, 2012 | Resposta

  8. Oi Kuramoto,

    Parabéns pelo Blog. Muito informativo. Gostaria de saber como anda a atualização do Tesauro Ciência da Informação do IBICT. Tem novidades?
    Abraço,

    Comentário por Gercina Lima | maio 19, 2008 | Resposta

    • Prezada Gercina,

      o tesauro ciência da infomação está sendo atualizado pela profa. Lena Vânia, em breve teremos o tesauro atualizado. Aguarde.

      Um abraço.
      Kura

      Comentário por kuramoto | fevereiro 17, 2009 | Resposta

  9. Professor,

    Sou aluno de mestrado da professora Gercina Lima na UFMG.

    Procurando informações pertinentes a uma parte de meu trabalho, encontrei seu artigo “Sintagmas Nominais: uma Nova Proposta para a Recuperação de Informação”, onde o sr. descreve parte de sua experiência bem sucessida com a abordagem dos sintagmas.

    Gostaria de ter acesso à sua tese. O sr. publicou o documento em formato eletrônico pela web?

    E, se pudesse me responder uma questão: o sr. hoje já vislumbra a implementação da extração dos sintagmas nominais de forma automatizada? Temos notícia hoje de ferramentas para tal tarefa?

    Att,

    Comentário por Eduardo Felipe | julho 30, 2008 | Resposta

  10. Professor,

    Sou aluno de mestrado da professora Gercina Lima na UFMG.

    Procurando informações pertinentes a uma parte de meu trabalho, encontrei seu artigo “Sintagmas Nominais: uma Nova Proposta para a Recuperação de Informação”, onde o sr. descreve parte de sua experiência bem sucessida com a abordagem dos sintagmas.

    Gostaria de ter acesso à sua tese. O sr. publicou o documento em formato eletrônico pela web?

    E, se pudesse me responder uma questão: o sr. hoje já vislumbra a implementação da extração dos sintagmas nominais de forma automatizada? Temos notícia hoje de ferramentas para tal tarefa?

    Att,

    Comentário por Eduardo | julho 31, 2008 | Resposta

    • Prezado Eduardo,

      desculpe-me, mas somente agora vejo seu comentário. Vc poderá me enviar email por kuramoto.ibict@gmail.com, e assim poderemos trocar idéias. A minha tese se encontra na BDTD do Ibict (http://bdtd.ibict.br/) e na biblioteca digital da Université Lumière. Sim, a possibilidade de extração automática de sintagmas nominais sempre existiu, basta investir um pouco de tempo no desenvolvimento dessa ferramenta, não há muitos segredos e a minha tese pode servir de base para o desenvolvimento de tal ferramenta.

      Um abraço.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por kuramoto | fevereiro 17, 2009 | Resposta

  11. Favor informar como adquirir a obra: Helio Kuramoto. Biblioteca Digital
    Aguardo
    David

    Comentário por David Francisco Turnes | agosto 11, 2008 | Resposta

    • Prezado David,

      somente hoje eu vi o seu comentário. O livro pode ser adquirido por intermédio do site do Ibict: http://www.ibict.br. No site vc encontrará na coluna da esquerda a opção Produtos e Serviços, a partir desta opção é aberto um menu com diversas opções, clique em Vendas de Publicações. Nesta opção vc terá todas os procedimentos necessários para a aquisição do referido livro.

      Um abraço.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por kuramoto | fevereiro 17, 2009 | Resposta

  12. Bom dia Kuramoto,

    Sou mestranda do PPGCIN/UFSC e estou pesquisando a respeito do acesso aberto a informação.

    Em pesquisas anteriores havia localizado o “Manifesto Brasileiro de apoio ao Acesso Livre à Informação Científica” na página do IBICT (link http://www.ibict.br/openaccess/arquivos/manifesto.htm , atualmente este link está indisponível). Há alguns meses percebi que na página do IBICT não há documentos em relação ao item Programas:”Acesso Livre à Informação Científica”. O IBICT não diponibilizará mas nenhum item a respeito desse programa?

    Em pesquisa ao Google acabei por localizá-lo na página do Ministério da Ciência e Tecnologia, disponível em: http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/53919.html .

    Kuramoto, gostaria de saber se você poderia me informar a data (ano) em que este documento foi eleborado, e também dados em relação a sua autoria. O “Manifesto Brasileiro de apoio ao Acesso Livre à Informação Científica” fica sobre responsabilidade do MCT e não mais do IBICT?

    Desde já agradeço sua atenção por responder-me.

    Atenciosamente,

    Soraya

    Comentário por Soraya Waltrick | setembro 16, 2008 | Resposta

    • Oi Soraya,

      Desculpe-me pela tardia resposta. Há muito tempo não entrava nesta página. Infelizmente, o wordpress não me avisa sobre as mensagens deixadas aqui.

      Por outro lado, fico contente que vc tenha encontrado o texto do manifesto. O texto do manifesto e o próprio manifesto deveria ficar sob a responsabilidade do IBICT. Mas, infelizmente, aquela instituição me parece terra de ninguém e essas coisas se perdem. No momento, não estou mais no IBICT/Brasília. Fui transferido a pedido para o IBICT/Rio de Janeiro e estou morando aqui no Rio de Janeiro desde final de janeiro de 2012. Peço, por gentileza, qdo necessitares de qualquer informação de minha parte, me escreva para o meu email pessoal: alokura2010@gmail.com.

      O manifesto foi assinado e tornado público em 13 de setembro de 2005, conforme notícia veiculada pela Rede Nacional de Pesquisa em seu sítio (http://www.rnp.br/noticias/imprensa/2005/not-imp-050914b.html). O manifesto foi elaborado por mim e pela profa. Sely Costa da UnB e lançada pelo IBICT e MCT conforme vc pode ver pela notícia no link que informei acima. Não tenho certeza, a minha memória já não é a mesma, mas se não me engano o reitor da UnB também participou do evento.

      Um abraço.
      Helio Kuramoto

      Comentário por Helio Kuramoto | maio 5, 2012 | Resposta

  13. Bom dia Kuramoto,

    Obrigada por sua pronta e esclarecedora resposta.

    Kuramoto, gostaria de localizar em seu blog um texto que li há um tempo atrás a respeito da distinção entre as expressões “acesso aberto” e “acesso livre”. Em pesquisa ao seu bolg não consegui localizá-lo.

    Ficaria muitíssimo agradecida se vc pudesse indicar-me o seu comentário sobre essa temática e tb, se possível, outros conteúdos com esse foco.

    Abs,

    Soraya

    Comentário por Soraya Waltrick | setembro 17, 2008 | Resposta

  14. Ola Dr. Kuramoto, gostaria de saber se o Sr tem o livro “BIBLIOTECAS DIGITAIS: SABERES E PRATICAS” pois não estou encontrando em lugar nenhum para comprar.

    Comentário por Maikon Linhas | setembro 18, 2008 | Resposta

    • Prezado Maikon,

      o livro poderá ser encontrado no site do Ibict, lá vc encontrará os procedimentos necessários para a aquisição do referido livro. Veja no site do ibict (www.ibict.br), no lado esquerdo em Produtos e Serviços e, dentro desse menu vc encontrará a opção Venda de Publicações. Clicque nesta opção e vc terá todos os procedimentos.

      Um abraço.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por kuramoto | fevereiro 17, 2009 | Resposta

  15. Hélio,

    Seu Blog, não é só informativo, mas é também um estímulo para os que se iniciam nas pesquisas relacionadas às Ciências da Informação e da Comunicação. A divulgação de seu trabalho e de suas pesquisas certamente abrirá sempre um leque de novos conhecimentos, que contribuirão para o desenvolvimento da Ciência e Tecnologia, portanto, de fundamental importância.
    Aqui você não só demonstra o quanto gosta do que faz, como também, inteligência, experiência, competência, organização e dedicação. O Brasil precisa cada vez mais de profissionais sérios e responsáveis como você. Parabéns, meu amigo! Estarei torcendo para que o seu trabalho seja cada vez mais reconhecido e valorizado!

    Conte com o meu apoio.

    Lázara Selma.

    Comentário por Lázara Selma | setembro 21, 2008 | Resposta

    • Prezada Selma,

      obrigado pela visita ao meu blog e também pelas suas simpáticas considerações.

      Um abraço.
      Kura

      Comentário por kuramoto | fevereiro 17, 2009 | Resposta

  16. Hélio,
    Parabéns!!!.
    Seu Blog demonstra com transparência seu respeito aos veteranos; e sua generosidade, sensibilidade e dedicação para com os que estão iniciando nesta área, pelo valor das informações nele contidas.
    Merecidamente creio nas suas conquistas e vitórias.
    Mais uma vez você saiu de Brasília para divulgar seu trabalho… Sucesso!!!.
    Grande Abraço.

    Comentário por Terezinha Madalena | outubro 1, 2008 | Resposta

    • Prezada Terezinha,

      obrigado pela visita ao meu blog e pelas suas simpáticas considerações.

      Abraços.
      kura

      Comentário por kuramoto | fevereiro 17, 2009 | Resposta

  17. Professor Kuramoto
    Assisti sua palestra ontem na biblioteca ancional sobre biblioteca digital e não estou encontrando aqui no seu blog o arquivo.
    at
    Luciana

    Comentário por Luciana | março 13, 2009 | Resposta

    • Prezada Luciana,

      desculpe-me, após a palestra eu tive um outro compromisso e não tive tempo de publicar a palestra. Mas, daqui a pouco vc já poderá fazer o download da minha palestra bastando para isto clicar na coluna do lado direito do meu blog, no ítem Apresentações.

      Grato pela lembrança.

      Cordiais Saudações.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por kuramoto | março 13, 2009 | Resposta

  18. Bom dia Sr. Hélio Kuramoto,
    Gostaria de por lhe enviar um convite para que você possa participar em um painel no IX Workshop Brasileiro de Inteligência Competitiva e Gestão do Conhecimento, painel esse organizado pelo SERPRO.O email que me forneceram de seu contato infelizmente não existe.
    Atenciosamente,
    Davis Victor Feitosa de Oliveira
    Vice-Coordenador do Comitê Regional de Software Livre – SERPRO

    Comentário por Davis Victor Feitosa de Oliveira | março 19, 2009 | Resposta

    • Prezado Davis,ict

      somente agora eu vejo o seu comentário. As minhas coordenadas para c ontato são: kuramoto@ibict.br ou kuramoto.ibict@gmail.com ou pelos fones: 61 3217-6302 ou 61 82028527.

      Cordiais Saudações.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por kuramoto | março 31, 2009 | Resposta

  19. PARABÉNS
    PELO SEU BLOG!!

    Comentário por Kalline | junho 20, 2009 | Resposta

  20. Ola,

    Sou graduanda em biblioteconomia e queria saber onde acho mais detalhes falando sobre, a taxa de silêncio que o senhor mensiona no seu artigo. Sintagmas nominais: uma nova abordagem no processo de indexação.

    Comentário por Andressa | agosto 23, 2009 | Resposta

    • Prezada Andressa,

      vc poderá ter acesso a esse conceito nos livros que tratam de recuperação de informação, como Lancaster, Gerald Salton e outros. Infelizmente eu não tenho agora nenhuam referência mais precisa.

      Um abraço.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por kuramoto | agosto 24, 2009 | Resposta

  21. Bom dia Sr. Kuramoto,
    gostaria de saber alguma notícia sobre o CIPECC 2010, pois gostaria muito de participar…
    Obrigada!

    Comentário por Fátima Almeida | outubro 27, 2009 | Resposta

    • Olá Fátima,

      sinto não ter tido conhecimento desta sua mensagem antes para poder lhe informar. De toda a forma, qdo tiver alguma dúvida ou queira se comunicar comigo, a melhor maneira é enviar mensagens para o meu email: alokura2010@gmail.com.
      Infelizmente, há muito tempo não visito esta parte do meu blog. Deculpe-me por não ter respondido no tempo correto a sua mensagem.

      Um abraço.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por Helio Kuramoto | maio 5, 2012 | Resposta

  22. Caro professor Kuramoto,
    admiro desde algum tempo sua luta em favor do acesso livre ao conhecimento científico. Curso o mestrado do programa de comunicação e informação em comunicação e saúde do Icict, da Fiocruz, e estou preparando um artigo sobre o impacto que o movimento pelo acesso livre provocou em periódicos de saúde publica brasileiros. Que leituras me indica?
    Um abraço,
    Paulo Guanaes

    Comentário por Paulo Guanaes | dezembro 20, 2009 | Resposta

    • Prezado Paulo,

      obrigado pela sua mensagem. Você poderá encontrar importantes subsídios ao seu artigo na revista LIINC, volume 2, n. 4 de 2008, ou aqui, em especial os artigos de Alma Swan, Sely Costa, Patricia Marchiori, Juan Pablo Alperin & gustavo Fischman & John Willinsky.

      Boa sorte!

      Feliz 2010.

      Um abraço.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por kuramoto | dezembro 28, 2009 | Resposta

  23. Olá Dr. Hélio,

    Gostaria de saber quanto aos repositórios alocados no site do IBICT (B.BICE, DICI, OASIS.BR) se a indexação dos documentos e os que são feitos por auto-arquivamento são realizados por bibliotecários? Estive no site do RCAAP e eles referem a “Gestores de repositórios”. O Sr. poderá me esclarecer com esta dúvida? Obrigada pela atenção.

    Comentário por Rob | março 15, 2010 | Resposta

  24. Prezada Rob,

    obrigado pela mensagem. No caso do portal Oasis.Br e do DICI, um repositório, a indexação é feita automáticamente pela máquina, não tem intervenção humana. Nâo sei quanto ao B.BICE, não conheço este serviço. Nos dias atuais, a utilização de especialista para indexar documentos é cada vez mais diminuta, devido ao grande volume de documentos que surgem a cada dia.

    Um abraço.
    Kura

    Comentário por Helio Kuramoto | março 16, 2010 | Resposta

  25. Prezado,

    Adoramos o seu blog.
    Chegamos aqui a partir da aula da Professora Vera Lellis :)

    Att.,

    Alunas de Arquivologia da UFF

    Elaine Maciel, Camila Veloso, Tuanny de Souza e Valdineide Amaral

    Comentário por Aluna de Arquivo | maio 21, 2010 | Resposta

    • Prezadas Elaine, Camila, Tuanny e Valdineide,

      obrigado por serem leitoras de meu blog, espero que ele esteja sendo de alguma utilidade para o estudo de vocês. À propósito, na próxima aula com a Vera, peço, por gentileza, dizer à Vera que mandei um abraço e que fiquei contente em ter notícias dela por intermédio de vocês.

      Um abraço.
      Kura

      Comentário por kuramoto | maio 21, 2010 | Resposta

  26. Prezado Prof. Kuramoto,

    Sou empregado de uma empresa pública federal, exercendo o cargo de assessor de diretoria. Sou pesquisador e tenho muitos contatos dentro e fora do Brasil. Recentemente, recebi um manuscrito de um livro traduzido do japones para o portugues. O autor é um eminente pesquisador japones e o remetente e tradutor é um eminente pesquisador (pesquisador senior, grau máximo do CNPQ) nipo-brasileiro, amigo meu. O livro ainda trata de um assunto atual e polêmico (mudanças climáticas), e a minha empresa esta interessada em editorar e publicar o livro, para distribuição livre pelo nosso site e também fazer uma pequena edição em papel.
    O autor já manifestou-se por carta que não tem nenhum interesse em auferir lucros com o livro, querendo apenas divulgar o seu conhecimento sobre o assunto e difundir as suas idéias para o maior número de usuários possível. Assim, não há nenhum impedimento para que possamos desenvolver o trabalho de edição e divulgação. Entretanto, apesar dos créditos serem totalmente do autor (faremos apenas a edição, divulgação e distribuição, com o respectivo ISBN), a instituição receia que haja no futuro algum problema que envolva direitos autorais ou copyright. Assim estamos pensando em fazer um documento em ingles, para que o autor assine, abdicando desses direitos. Peço a sua orientação para saber se esta é a melhor maneira, se existe outra maneira e documentos padrão para podermos levar adiante o nosso trabalho.
    Antecipadamente agradecido,
    Paulo Branco

    Comentário por Paulo Cesar de Azevedo Branco | julho 1, 2010 | Resposta

    • Prezado Sr. Paulo,

      eu creio que uma outra pessoa possa te dar maiores informações ou orientação a respeito, dado que não sou especialista em direito autoral. A pessoa a quem vc possa contatar é Bianca Amaro de Melo do IBICT, seu email é: bianca@ibict.br. De antemão, creio que o autor possa utilizar o Creative Commons, uma outra modalidade de licenciamento que permite o compartilhamento de uma obra. Vc poderá obter maiores detalhes no site do Creative Commons no Brasil (http://creativecommons.org/international/br/).

      Um abraço.
      Kura

      Comentário por kuramoto | agosto 10, 2010 | Resposta

  27. A Equipe do Brasil Cultural – Ana Carla Nunes* e Beatriz Campos**, com assessoria textual de Bárbara Ferreira – vem convidar você a conhecer os dois novos espaços virtuais de divulgação da cultura brasileira: o Blog do Quarteto em Cy – http://quartetoemcyeafins.blogspot.com e o Blog Brasil Diversificado – http://brasildiversificado.blogspot.com .

    O primeiro espaço é dedicado à divulgação do grupo vocal Quarteto em Cy e suas mais de quatro décadas de constante contribuição à música brasileira. Lá você encontrará material raro sobre o grupo – matérias, gravações, entrevistas, fotos, – e também poderá participar de enquetes, chats e entrar em contato com o Quarteto e com admiradores do grupo e amantes da nossa boa música.

    O segundo espaço tem o compromisso com todo tipo de manifestação da cultura popular de nosso país. Por meio de postagens de textos, fotos, vídeos, o visitante poderá compartilhar conhecimentos e discutir ideias sobre a diversidade cultural brasileira com outros visitantes e com a equipe do Brasil Cultural, em uma troca de experiências bastante proveitosa.

    Esperamos, então, sua visita e contribuições culturais.

    Grande abraço,

    Equipe do Brasil Cultural

    *responsável também pelo site http://www.festasdabahia.com/

    **responsável também pelo blog http://biacamposcy.multiply.com

    Comentário por Beatriz Badim de Campos | julho 4, 2010 | Resposta

  28. [...] científico e assuntos correlatos. Pular para o conteúdo InícioFontes de Acesso LivreMeu perfilSobre ← Uma década de Acesso Livre (Open Access [...]

    Pingback por Os números de 2010 | Blog do Kuramoto | janeiro 2, 2011 | Resposta

  29. Estamos organizando mais um CONSEGI:11,12 e 13 de MAIO .
    GOstaria de convidá-lo para o dia 3 de fevereiro quando discutiremos o temário. Este ano o tema é DADOS ABERTOS: WEB SEMÂNTICA.
    A trilha não deixará computação em nuvem de lado….
    Contamos com o sr.
    Ana Amorim

    Comentário por ana maria amorim | janeiro 27, 2011 | Resposta

    • Prezada Ana

      Em primeiro lugar, agradeco o seu convite.

      Este ano estou desenvolvendo meus estudos pos-doutorais nos EUA, e so retorno so Brasilia em setembro.

      Cordialmente
      Helio Kuramoto

      Comentário por kuramoto | janeiro 27, 2011 | Resposta

  30. Professor nas livrarais do ES o seu livro está indisponível, até na FEBAB não existe o material.
    Ele está esgotado?

    Bibliotecas Digitais: Saberes e Prática. Autor: Carlos H. Marcondes, Hélio Kuramoto, Lídia Brandão Toutain, Luís Sayão (Orgs)Editora: Edufba ISBN: 85-7013-062-7.Ano: 2006 – 2ª edição

    Comentário por Fabiola | outubro 17, 2011 | Resposta

    • Prezada Fabíola,

      Obrigado pelo seu comentário em meu blog. Infelzimente, só agora o vejo, uma vez que há muito não visitava esta parte do blog. Vou entrar em contato com a profa. Lídia da UFBA e com o pessoal do IBICT em Brasília para obter maiores informações sobre o livro citado.Creio que já esteja realmente esgotado. Mas, vou verificar e te dou maiores informações posteriormente. Para melhorar a nossa comunicação, utilize o meu email pessoal: alokura2010@gmail.com. Neste endereço eu visito constantemente a minha caixa postal.

      Um abraço.
      Hélio Kuramoto

      Comentário por Helio Kuramoto | maio 5, 2012 | Resposta

  31. Professores, estou atrás de artigos que discutam as formas de avaliações de artigos em publicações científicas, alguma material pra indicar?
    Grata,
    Carolina Fraga

    Comentário por Carolina Fraga | fevereiro 22, 2012 | Resposta

    • Prezada Carolina,

      Obrigado pelo envio de seu comentário. Infelizmente, não tenho nada sobre formas de avaliação de artigos. Vou conversar com alguns colegas e se conseguir algo te enviarei posteriormente.

      Cordiais saudações.
      Helio Kuramoto

      Comentário por Helio Kuramoto | fevereiro 22, 2012 | Resposta

  32. Professor! Parabéns pelo Blog! Tenho duas dúvidas referentes ao Open Access.
    1) Quais são os marcos legais que regulam a gestão do acesso livre, permitindo que, sem a violação de direitos fundamentais, seja disponibilizada na Internet literatura de caráter científico, permitindo a qualquer utilizador pesquisar, consultar, descarregar, imprimir, copiar e distribuir, o texto integral de artigos e outras fontes de informação científica?

    2) É possível assegurar que a comunicação científica aberta possui qualidade de modo a não serem violados os direitos da comunidade a uma informação plausível? Quais são os aspectos legais que envolvem essa questão?

    Obrigada!

    Comentário por Letícia | agosto 18, 2014 | Resposta

    • Prezada Letícia,

      Em primeiro lugar, agradeço o envio de suas perguntas.

      Em atenção à sua primeira pergunta, o marco legal que define as estratégias do Open Access é a declaração BOAI – Budapest Open Access Initiative que vc pode encontrar no link: http://www.budapestopenaccessinitiative.org/translations/portuguese-translation.
      Depois desta declaração surgiram outras declarações referendando esta e acrescentando outras particularidades, como a declaração de Berlim, que vc pode encontra no link: http://repositorium.sdum.uminho.pt/about/DeclaracaoBerlim.htm. Enfim, após essas declarações, diversas outras iniciativas foram realizadas em diversos poíses, como nos EUA, AUstrália, Canadá e outros países. INfelizmente, o espaço é um tanto quanto limitado e não poderei estender muito esta resposta mas, se vc me enviar um email, posso enumerá-las para vc. O meu email é: alokura2010@gmail.com.
      Quanto à sua segunda pergunta, afirmo que as estratégias do Acesso Livre em nada interferem na qualidade dos trabalhos, talvez se possa inferir essa questão em algumas revistas científicas de acesso livre mas, quanto aos repositórios institucionais, centrais ou temáticos, os artigos alí depositados são artigos que foram publicados em revistas científicas comerciais, portanto, pode-se considerar que tem o mesmo nível daquele rue foi publicado na revista, seja impressa ou em linha, são, assim, de alto nível. Quanto aos aspectos legais, veja bem, em todo o mundo as instituições utilizam o BOAI na sua íntegra, que recomenda o auto-arquivamento, entretanto, no Brasil, os bibliotecários resolveram majoritariamente, fazer o depósito pelos pesquisadores, o que demanda uma autorização do autor para que o documento seja depositado nos repositórios, esse é um aspecto pouco debatido no Brasil mas, o fato é que isso determina e explica o porque os nossos repositórios têm tão pouca produção científica depositada. Infelizmente, o país resolver adotar uma prática que não é a mais recomendada pela declaração BOAI.

      Um abraço.
      Kura

      Comentário por Helio Kuramoto | agosto 19, 2014 | Resposta


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 965 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: